O Património Industrial do Vale do Ave
29 Novembro 2010

Destaque

ver destaque »
Mediateca: Conhecer para Valorizar!
29 Novembro 2010

Mediateca


ver destaque »

Seja o 1º a saber... subscreva!

Fábrica de Fiação de Algodão do Bugio

Fábrica de Fiação de Algodão do BugioEstabeleceu-se em 1873 com os capitais do emigrante José Florêncio Soares numa parceria mercantil, e estava localizada junto à força motriz do rio Bugio, procurando, assim, aproveitar a energia hidráulica proveniente de uma queda de 21 metros através da implementação de duas turbinas. Contudo, o baixo caudal nos meses de Verão apenas permitia operar durante meio-dia, por isso a administração adquire uma máquina de vapor, em 1881. Na altura, a empresa já contava com quatro batedores, dezoito cardas e carruagem de fiação de 6000 fusos. A mão-de-obra era constituída por 80 raparigas até 15 anos de idade, com um salário de 80-100 réis; 30 raparigas com idades entre os 15 e os 25 anos, com uma remuneração de 110 a 150 réis; 20 rapazes a 160 réis; 20 homens a 300 réis e um mestre inglês cuja função era coordenar todas as actividades e os operários, com uma retribuição de 1200$00. Em 1890, a Fábrica do Bugio já empregava um total de 180 operários.

Esta característica de mão-de-obra intensiva, com baixos salários, logo com uma forte presença feminina e juvenil, está dispersa pela grande maioria dos estabelecimentos fabris do Vale do Ave.

A parceria mercantil durou até 1894, altura em que foi dissolvida, ficando no comando Florêncio Soares, cuja direcção permitiu à fábrica um grande dinamismo económico e reconhecimento social que se perpetuou aos seus herdeiros. A partir de 1917 a firma passou a intitular-se “José Florêncio Soares e Comp. Sucessores”, com o seu neto Dr. José Summavielle Soares na gestão.

Em 1886 ganhou a medalha de prata pelos seus fios na Exposição Industrial. Este estabelecimento estava, ainda, dotado de creche e de outros serviços de assistência aos operários. A central da fábrica tinha duas turbinas hidráulicas de 620 cavalos e uma máquina de vapor com 400/650 cavalos para fornecimento de energia eléctrica o concelho de Fafe e Felgueiras.

Apoios

Todos os direitos reservados © 2010 ADRAVE